domingo, 3 de março de 2013

Carmesim


O carmesim era produzido usando os corpos secos dos insetos do gênero kermes os quais tinham valor comercial em países Mediterrânicos, onde vivem no carrasco, sendo depois vendidos por toda a Europa. Podemos encontrar a palavra carmesim com seu significado na Bíblia em Isaías 1:18 Vinde, pois, e arrazoemos, diz o Senhor: ainda que os vossos pecados são como a escarlata, eles se tornarão brancos como a neve; ainda que são vermelhos como o carmesim, tornar-se-ão como a lã. 
Carmesim - Sacrifício, Apocalipse 5.9-10; Números 19.6; Levítico 14.4; Heb 9.11-14, 19, 23, 28.
A cor carmesim, pelas escrituras, e especialmente quando se refere ao Cristo, manifesta o Cristo Sacrificatório e a Sua humildade. 
A cor carmesim, para os usos no tabernáculo, foi conseguida do corpo da fêmea do “coccus ilicis” um verme (Sl 22.6, a palavra hebraica para escarlata e carmesim). 
"Coccus ilicis" O inseto está relacionada com a cochonilha sendo encontrado nos galhos e ramos dos carvalhos no Sul da Europa e Norte de África. Eles pertencem à família de insetos conhecidos como Coccidae ou escala de insetos . Quando a fêmea da espécie está pronta para colocar ovos, ela atribui seu corpo com firmeza à árvore. Os ovos são colocados por baixo de seu corpo e seguindo a postura de ovos das matrizes de insetos. Assim, os ovos são protegidos pelo corpo do inseto até que as larvas tenham eclodido, logo após a mãe morre, liberando um líquido vermelho que mancha a arvore e seu corpo. Foi dos cadáveres desses insetos que as tinturas vermelhas usadas em tempos antigos foram extraídas. Temos uma figura de Cristo, que foi fixado em um madeiro, sangrando até a morte, para que eu e você pudéssemos nascer de novo e tivéssemos vida e vida em abundância.

4 comentários: